Agende sua consulta

Busque o profissional de saúde mais perto de você

Cadastre-se

Portal do Médico

Faça login

10 doenças que podem te matar em 24 horas

22/06/2016
08:50

Confira uma lista com 10 doenças que podem matar em apenas 24 horas

Varíola
Hoje em dia sua mortalidade é de meros 1%, mas houve épocas em que 50% dos infectados faleciam após sofrer com dores musculares, febre alta, gástricas e vômitos violentos. Após infecção do tracto respiratório, o vírus multiplica-se nas células e espalha-se primeiro para os órgãos linfáticos e depois via sanguínea para a pele, onde surgem as pústulas típicas, primeiro na boca, depois nos membros e de seguida generalizadas.


Cólera
Afetando apenas humanos, produz intensas diarréias. As perdas de água podem atingir os 20 litros por dia, com desidratação intensa e risco de morte, particularmente em crianças. O risco de morte é de 50% se não for tratado.


Doença de Chagas
Causa alargamento dos ventrículos em 20 a 30% levando a insuficiência cardíaca. Foto de um coração acometido pela doença de Chagas crônica.


Dengue hemorrágica
Depois da picada do mosquito com o vírus, os sintomas se manifestam normalmente do 3º ao 15º dia. Esse período é chamado de incubação. O tempo médio de duração da doença é de cinco a seis dias. É só depois do período de incubação que os seguintes sintomas aparecem: Febre alta com início súbito, Dor de cabeça, Perda do paladar e apetite, Náuseas e vômitos, Tonturas, Extremo cansaço, Moleza e dor no corpo, Pele pálida, fria e úmida, Sangramento pelo nariz, boca e gengivas, Sonolência, agitação e confusão mental, Dificuldade respiratória e Perda de Consciência.


Doença meningocócica
É causada por uma bactéria chamada Neisseria meningitidis, um tipo de bactéria diplococo gram-negativo que em cerca de 10% da população habita o trato respiratório superior sem causar sintomas da doença. No mundo ocorrem cerca de 500 mil casos por ano, com mortalidade variando de cerca de 10 por cento, sendo especialmente perigoso em crianças pequenas.


Ebola
Febre, dor de cabeça muito forte, fraqueza muscular, dor de garganta e nas articulações, calafrios são os primeiros sinais da doença que aparecem de forma abrupta depois de cinco a dez dias do início da infecção pelo vírus Ebola. Com o agravamento do quadro, outros sintomas aparecem: náuseas, vômitos e diarreia (com sangue), garganta inflamada, erupção cutânea, olhos vermelhos, tosse, dor no peito e no estômago, insuficiência renal e hepática. No estágio final da doença, o paciente apresenta hemorragia interna, sangramento pelos olhos, ouvidos, nariz e reto, danos cerebrais e perda de consciência.

Ainda não existe um tratamento específico contra o Ebola. A probabilidade de morte após contrair o vírus é entre 90% e 50%.


Fasciíte necrosante
Popularmente conhecida como "bactérias devoradoras de carne", é uma infecção bacteriana que progride rapidamente e possui alta mortalidade geralmente causado por Streptococcus beta-hemolíticos. As bactérias penetram as camadas mais fundas da pele e tecidos subcutâneos, espalhando-se rapidamente pelas fáscias superficiais e tecido subcutâneo. A mortalidade é de 20 a 25% com tratamento, que frequentemente envolve amputações.


AVC
Podendo ser fatal nas primeiras 3 horas, um ataque de AVC obstrui o fluxo de sangue que alimenta o cérebro.
Os sinais são: Dificuldade para engolir, Dores de cabeça fortes, alteração da visão.
Durante o ataque, 32 mil células morrem a cada 1 minuto.


MRSA
É uma bactéria que se tornou resistente a vários antibióticos - primeiramente à penicilina, em 1947, e, logo depois, à meticilina. Dentro de 24 horas, uma forma gangrenosa de pneumonia irá asfixiar suas vítimas e causar falência de órgãos.
Um estudo recente sugere que um tratamento mais eficaz do que os antibióticos glicopéptidicos pode ser obtido através da planta da maconha.


Peste Negra
Causada pela bactéria Yersinia pestis e transmitida por pulga infectada.
Os sintomas são linfonodos inchados, que podem chegar ao tamanho de um ovo de galinha, na virilha, nas axilas ou no pescoço. Eles podem ser sensíveis e quentes ao toque. Outros sintomas são febre, calafrios, dor de cabeça, fadiga e dores musculares. Mesmo se tratada com antibióticos, excepto se na fase inicial, a peste tem ainda uma mortalidade de 15%. Matou 1/3 da população européia.


Fonte: http://www.who.int/mediacentre/factsheets/fs310/en/

+ Notícias


01/02/2021 09:34

Como a radioterapia funciona?

  • 21/01/2021 14:18

    Ivermectina pode reduzir risco de morte em até 75%, diz jornal

  • 18/01/2021 09:51

    A mononucleose é contagiosa?

  • 14/01/2021 08:56

    O que são as proteínas e quais são as suas funções?

  • 11/01/2021 08:31

    10 possíveis sintomas de câncer que muitas pessoas desconhecem

  • 06/01/2021 13:37

    Imunidade pode durar até oito meses após covid, sugere estudo

  • 04/01/2021 08:21

    O que é o olho preguiçoso?


Carregando